Dicas da Nurse

Como cuidar do coto umbilical

Como cuidar do coto umbilical

1. O principal risco que cerca o coto umbilical é o de infecção. Por isso, antes de começar a assepsia, certifique-se de estar com as mãos bem limpas. Lave-as com sabão neutro, esfregando bem punhos e unhas para evitar que impurezas sejam levadas ao recém-nascido.⠀ ⠀ ⠀ 2. Com um cotonete, passe álcool 70% em toda extensão do umbigo do bebê. Lembre-se de levantar o coto com delicadeza e limpar a região que fica na parte de baixo.⠀ Durante o banho, somente água e sabonete neutro são necessários para a higienização da área, que deve ser feita sempre com cuidado e delicadeza.⠀ ⠀ 3. Evite traumas na região⠀ A principal orientação é manter o coto protegido por dentro da fralda, atentando-se para não apertá-la demais ao fechar. Assim, é possível evitar o atrito com as roupas, que pode causar irritação na área.⠀ Após o banho, nunca seque a região diretamente com a toalha. O ideal é utilizar uma gaze, batendo levemente no umbigo do bebê.⠀ ⠀ 4. Fique atento a alterações⠀ Sinais de infecções devem ser observados atentamente: sangramento, vermelhidão, secreções e inchaço na região umbilical pode ser normal, principalmente quando acontecem traumas na região, como atrito com roupas ou fralda. Contudo, se acontecer com frequência ou em excesso, procure o pediatra.⠀ ⠀ 5. Continue os cuidados mesmo após a queda do coto⠀ ⠀ Em até 15 dias, é comum que o coto umbilical escureça e caia sozinho. Entretanto, é muito importante que os pais mantenham os cuidados de higienização e assepsia do local para garantir a cicatrização.⠀ Nada de aderir à moda dos antigos de usar faixas, moedas ou até mesmo pó de café no umbigo do bebê. Essas são medidas reprovadas pelos médicos e podem causar infecções sérias.⠀ ⠀